Ir para Perguntas Frequentes organizadas por Tema / Eleição
Ir para Eleições e Referendos
Ir para Resultados Eleitorais - área com quadros e mapas geográficos
Consulte a CNE, apresente queixa, peça esclarecimentos ou documentação

Perguntas Frequentes: Voto antecipado no estrangeiro

Eleição Assembleia Legislativa da Região Autónoma dos Açores

  1. Estou inscrito no recenseamento eleitoral nos Açores e vou estar deslocado no estrangeiro no dia da eleição. Posso votar antes?

    Sim, se for:

    - Militar, agente militarizado ou civil integrado em operação de manutenção de paz, cooperação técnico-militar ou equiparada e se encontrar deslocado no estrangeiro por essa mesma razão. 

    - Médico, enfermeiro ou outro cidadão integrado em missão humanitária e se encontre no estrangeiro por essa mesma razão. 

    - Investigador ou bolseiro em instituição universitária ou equiparada localizada no estrangeiro e aqui se encontre. 

    - Estudante inscrito numa instituição de ensino superior localizada no estrangeiro e frequentar essa instituição ao abrigo de programa de intercâmbio.

    - Membro de delegação oficial do Estado ou da Região Autónoma e se encontrar deslocado no estrangeiro por essa mesma razão. 

  2. Sou estudante do ensino superior em Portugal, mas no dia da eleição vou estar no estrangeiro ao abrigo do Programa Erasmus. Posso votar antecipadamente?

    Sim pode. Essa possibilidade está ao alcance de todos os estudantes, investigadores, docentes e bolseiros temporariamente no estrangeiro em instituições de ensino superior, unidades de investigação ou equiparadas, como tal reconhecidas.

  3. Os cônjuges ou equiparados, parentes ou afins que vivam com os eleitores mencionados na pergunta 1 podem votar antecipadamente?

    Sim. Podem votar antecipadamente os cônjuges, parentes e afins que estejam inscritos no recenseamento eleitoral dos Açores, deslocados no estrangeiro e que vivam com:

    - Militar, agente militarizado ou civil integrado em operação de manutenção de paz, cooperação técnico-militar ou equiparada e se encontrar deslocado no estrangeiro por essa mesma razão. 

    - Médico, enfermeiro ou outro cidadão integrado em missão humanitária e se encontre no estrangeiro por essa mesma razão. 

    - Investigador ou bolseiro em instituição universitária ou equiparada localizada no estrangeiro e aqui se encontre. 

    - Estudante inscrito numa instituição de ensino superior localizada no estrangeiro e frequentar essa instituição ao abrigo de programa de intercâmbio.

    - Membro de delegação oficial do Estado ou da Região Autónoma e se encontrar deslocado no estrangeiro por essa mesma razão. 

  4. Quando posso exercer o meu direito de voto antecipadamente?

    Entre os 12.º e 10.º dias anteriores ao dia da eleição. 

  5. O que devo fazer para exercer o meu direito de voto antecipadamente?

    Dirija-se às embaixadas ou consulados previamente definidos para o efeito, identifique-se mediante a apresentação do seu documento de identificação civil e indique a freguesia em que está recenseado.
    Depois de votar é-lhe entregue um comprovativo do exercício do voto. 
    No caso dos militares, agentes militarizados e civis integrados em operações de manutenção de paz, cooperação técnico-militar ou equiparadas e dos médicos, enfermeiros e outros cidadãos integrados em missões humanitárias, o Ministério dos Negócios Estrangeiros, se reconhecer a impossibilidade da sua deslocação aos locais definidos, designa um funcionário diplomático, que procede à recolha da correspondência eleitoral entre os 12.º e 10.º dias anteriores ao dia da eleição.